Bookmark and Share

AOS OLHOS DE ERNESTO ganha o Prêmio da Crítica na Mostra SP

O longa-metragem AOS OLHOS DE ERNESTO, produção da Casa de Cinema de Porto Alegre com direção de Ana Luiza Azevedo, ainda inédito no cinema comercial, recebeu o Prêmio da Crítica como "Melhor Filme Brasileiro" na 43ª Mostra Internacional de Cinema de Sâo Paulo.

Os críticos justificaram assim o prêmio dado a AOS OLHOS DE ERNESTO:

"Por tratar a solidão de maneira realista, sem abrir mão do humor; por apostar com segurança num estilo narrativo que dialoga tanto com cinéfilos quanto com amplas plateias."

No filme, Ernesto (Jorge Bolani), fotógrafo aposentado e viúvo, enfrentando as limitações da velhice como a solidão e a crescente perda da visão, encontra Bia (Gabriela Poester), uma jovem e irresponsável cuidadora de cães, que atropela sua vida e coloca em risco seu cotidiano de eterno estrangeiro.

AOS OLHOS DE ERNESTO teve sua estreia internacional três semanas atrás, no Busan International Film Festival, na Coreia do Sul. Na Mostra de São Paulo, o filme foi exibido três vezes na semana passada.

Com a premiação, AOS OLHOS DE ERNESTO passa a integrar também a "repescagem" da Mostra, e terá mais uma exibição em São Paulo. Será no Cine SESC (rua Augusta 2075), às 18h10 desta segunda-feira, 4 de novembro. Por coincidência, será a sessão de número 2019 da 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que terá um total de 2028 sessões de filmes.


Gabriela Poester e Jorge Bolani em AOS OLHOS DE ERNESTO.