Notícias da Casa de Cinema

em 01 de abril de 2003

Na noite de 1º de abril foi encerrada a 5ª edição do Festival de Cinema Brasileiro de Paris.

em 05 de março de 2003

O SANDUÍCHE, curta da Casa de Cinema de Porto Alegre dirigido por Jorge Furtado, acaba de ganhar mais um prêmio, desta vez nos Estados Unidos. O filme foi escolhido, entre oitenta curtas de todo o mundo, um dos cinco melhores de 2002 e vai receber o Kodak Award.

em 27 de fevereiro de 2003

HOUVE UMA VEZ DOIS VERÕES, produção da Casa de Cinema de Porto Alegre, estréia em Belo Horizonte, João Pessoa (Cine Mag 1) e Fortaleza (Art Iguatemi 2) nesta sexta-feira pré-carnaval, 28 de fevereiro.

em 30 de janeiro de 2003

A revista virtual CONTRACAMPO, editada por Eduardo Valente e Ruy Gardnier, acaba de lançar o seu número 47, com um especial sobre os 15 anos da Casa de Cinema de Porto Alegre.

em 23 de janeiro de 2003

O longa metragem gaúcho HOUVE UMA VEZ DOIS VERÕES é o acontecimento cinematográfico do verão carioca. O filme já foi visto (até quarta, dia 22/01) por 48.867 espectadores e, no segundo fim-de-semana no Rio, alcançou a melhor média de espectadores entre todos os filmes em cartaz na cidade: 1087 por sala.

em 09 de janeiro de 2003

Depois de cumprir temporada nas regiões Sul, Norte e Nordeste, e de ganhar 4 prêmios no Festival de Fortaleza, o longa de estréia do diretor Jorge Furtado, HOUVE UMA VEZ DOIS VERÕES, chega ao Rio nesta sexta-feira, 10 de janeiro.

em 14 de dezembro de 2002

TOLERÂNCIA, filme da Casa de Cinema de Porto Alegre dirigido por Carlos Gerbase, ganhou o "Prêmio de Popularidade" no 24º Festival Internacional do Novo Cinema Latinoamericano de Havana, encerrado dia 13 de dezembro.

em 01 de dezembro de 2002

O curta-metragem DONA CRISTINA PERDEU A MEMÓRIA, dirigido por Ana Luiza Azevedo, ganhou o prêmio de melhor filme na categoria "e-cinema" (mostra competitiva de curtas ficcionais, experimentais e vídeo-arte), no 3º Fluxus, Festival Internacional de Cinema na Internet, organizado pela Zeta Filmes, de Belo Horizonte, e encerrado dia 1º de dezembro.

em 26 de novembro de 2002

No 35º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, encerrado na noite de terça-feira 26/11, o filme DONA CRISTINA PERDEU A MEMÓRIA, dirigido por Ana Luiza Azevedo, recebeu o Prêmio da Crítica como Melhor Curta, e ainda o Prêmio ANDI - Cinema pela Infância, criado pela ONG Agência pelos Direitos da Infância e concedido por um j&uacute

em 19 de novembro de 2002

O curta-metragem DONA CRISTINA PERDEU A MEMÓRIA, produção da Casa de Cinema dirigida por Ana Luiza Azevedo, vencedor de 4 prêmios em Gramado e São Paulo, vai agora para o 35º Festival de Brasília, que acontece de 19 a 26 de novembro na Capital Federal.