Blogs

Vejo por mim

Da janela da minha casa vejo uma boa faixa da cidade que se estende ao sul. Vejo vários bairros, classes A, B, C, D e E. Ao norte vejo uma praça cercada de edifícios altos, perto do cruzamento de duas grandes avenidas. Vejo também, mais próximos do que eu gostaria que estivessem, alguns prédios grandes, com muitos apartamentos. Leia mais

Ao trabalho

Falar em prosa é coisa corriqueira

Mato que acha até quem não procura

Poesia é flor que nasce noutra beira

E onde floresce põe, na precisão, loucura.

Caros atores, amigos, cara equipe

Lá vamos nós então, mais um trabalho

Espero que nenhum de nós se gripe Leia mais

Pedro Cardoso e a nudez

"Mentir é o ato mais distante possível da arte de representar".
Pedro Cardoso

Texto do Pedro Cardoso, originalmente publicado em Todo mundo tem problemas sexuais Leia mais

L'Atalante

Acabo de ver uma obra-prima, "L'Atalante", de Jean Vigo. O filme aparece em quase todas as listas de grandes clássicos da história do cinema e só hoje entendi o motivo, nunca tinha visto. Leia mais

A Culpa é do Lula

Alô Rosane de Oliveira Leia mais

A Prévia do Óscar

Num blogue as pessoas falam sobre o seu dia-a-dia: Hoje eu acordei com dor na omoplata. O cobrador do ônibus Vila Jardim tinha uma verruga na ponta do queixo. Muitos processos pra catalogar. Será que eu termino de ler "O Vencedor está só" até o final da semana? Leia mais

A Espera do Óscar

Em 2001, o filme "Uma História de futebol", com direção de Paulo Machline e roteiro de José Roberto Torero e Maurício Arruda (*), foi indicado ao Óscar de curta-metragem de ficção. Foi a única vez até hoje em que um filme brasileiro foi finalista naquela categoria. Leia mais

Arte como inutilidade e por que nós precisamos dela assim

(intervenção no debate sobre "Arte e globalização", gravado dia 26/01/2001, na sede do Sindicato dos Bancários do RS, para ser difundido por uma rede de emissoras de rádio comunitárias durante o 1º Fórum Social Mundial)
Leia mais

Roubando dos miseráveis

Ladrões que roubam dos ricos, Robin Hood, Raffles, Arsene Lupin, costumam ser simpáticos. Já os ladrões que roubam dos pobres despertam em mim um sentimento primitivo e, reconheço, altamente reprovável, que é a vontade de dar-lhes uma camaçada de pau. Leia mais

Wikiacaso

"Para lutar contra o pragmatismo e a horrível tendência à consecução de fins úteis, meu primo mais velho defende a prática de arrancar um bom fio de cabelo da cabeça, dar-lhe um nó no meio e deixá-lo cair suavemente pelo buraco da pia."
Leia mais

Divulgar conteúdo

Tags