Giba Assis Brasil

Bookmark and Share

Blog de Giba Assis Brasil

Hitchcock e as promessas não cumpridas

Fala na mesa "As Promessas da imagem", do seminário "A Imagem necessária", Centro Cultural Santander 21/11/2001. A partir do filme "Um Corpo que cai" ("Vertigo", 1958, dir. Alfred Hitchcock); também na mesa: Jailton Moreira e Maria Ivone dos Santos.
  Leia mais

Outros tempos

Atenção: ao contrário do que parece, o texto que segue, basicamente uma longa pesquisa em jornais velhos com uns poucos comentários, não é sobre futebol; é sobre História. Como um jogo de futebol, ele tem dois tempos, mas com trinta anos de intervalo entre eles.

PRIMEIRO TEMPO
Leia mais

Dicionário e outro soneto

Conhece o jogo do Dicionário? Pra jogar na praia, uma vantagem que ele tem sobre os jogos de cartas é que pode participar qualquer número de pessoas, a partir de 4 (se bem que acima de 12 é recomendável formar duplas, pra que as rodadas não fiquem longas demais). Leia mais

Mondegreen, Virundum, Soramimi, Pitching

Não sei se em japonês tem palavra pra tudo. Aliás, não tenho a menor ideia. Leia mais

Mondegreen, Virundum, Soramimi

Em português também parece que tem palavra pra tudo, mesmo quando ela vem do inglês, às vezes de forma arrevesada. Mas nem sempre é assim. Leia mais

Mondegreen, Virundum

Em inglês tem palavra pra tudo. Mondegreen, por exemplo, é um erro de interpretação de uma frase, normalmente uma música ou um poema, provocado por uma justaposição de sons que são percebidos com um significado diferente do original. Leia mais

Londonderry Air

"Londonderry Air" ainda não pode ser o hino nacional da Irlanda do Norte, mas já é aceito como substituto local ao "God Save the Queen" em algumas circunstâncias, como os "Commonwealth Games", disputados a cada quatro anos em um dos cantos daquele que um dia foi "o império em que o sol nunca se põe". Leia mais

Soneto freudiano

Novembro de 2005. Eu tinha acabado de ler o magnífico sonetário do Glauco Mattoso, "Panacéia" (que hoje já não teria mais acento). E achei que eu também podia fazer. Um, pelo menos. Viciei: em menos de quatro anos, já fiz mais dois. Glauco já passou de três mil. Será que eu chego lá? Leia mais

Comorora

"Como a aurora", convenhamos, não é a melhor maneira de começar um hino. Não tanto pelo duplo sentido sacana: nem mesmo o Mário Lago, em 1941, parecia interesado em comer a Aurora, a não ser que ela fosse sincera. Leia mais

Reeleger ou não reeleger?

Recebi esta semana, como muitos devem ter recebido, e-mail da campanha "NÃO REELEJA NINGUÉM", segundo seus divulgadores "o único jeito democrático de moralizar e dar dignidade ao Congresso Brasileiro." Leia mais

Divulgar conteúdo

Tags