BENS CONFISCADOS

(35 mm, 108 min, cor, 2005)
(janela 1.66, som óptico Dolby SR, som digital Dolby)

Um poderoso senador é denunciado pela esposa por corrupção, tráfico de influências e bigamia. Quando sua amante se suicida, ele manda seqüestrar Luís Roberto, o secreto filho bastardo, e o esconde da imprensa e dos inimigos políticos numa cidade balneária no extremo sul do país. Para cuidar dele o senador convence uma antiga amante, a enfermeira Serena.


Betty Faria e Werner Schünemann

Bens Confiscados é a história de um lento, cruel e gradativo processo de despersonalização de uma mulher madura, altruísta e independente, que se permite ser destruída por seu poderoso amante ausente. É também uma melancólica história de amor quase impossível entre personagens de idades díspares, fragilizados à sombra das perversões do poder.

Direção: Carlos Reichenbach

Produção Executiva: Sara Silveira e Maria Ionescu
Roteiro: Carlos Reichenbach e Daniel Chaia
Direção de Fotografia: Jacob Sarmento Solitrenick
Direção de Arte: Luis Rossi
Música: Nelson Ayres e Ivan Lins
Diretora Assistente: Ana Luiza Azevedo
Produtoras delegadas: Nora Goulart e Luciana Tomasi
Montagem: Cristina Amaral

Uma Produção Dezenove Som e Imagens
co-produção: Casa de Cinema PoA

Elenco Principal:
Betty Faria (Serena)
Renan Gioelli (Luis Roberto)
Werner Schünemann (Lobo)
Antônio Grassi (Paulo Hermes)
Márcia de Oliveira (Penha)
Eduardo Dusek (Miklos)

09/12/2005