Sexo & Beethoven, o reencontro

SEXO & BEETHOVEN - O REENCONTRO
(35 mm, 16 min, cor, 1997)
(janela 1.33, som óptico mono)

Foto por Carlos Gerbase: Daniela Schmitz, Luciene Adami
 
Dois rapazes heterossexuais (mas não muito) convidam duas prostitutas ingênuas (mas não muito) para uma noite de sexo. Nas conversas preliminares, um pouco de poesia, outro tanto de filosofia e doses cavalares de baixaria, tudo com Beethoven ao fundo. Mas, na hora do sexo, a verdade aparece.

Direitos de comercialização com a PRANA FILMES

ROTEIRO

MÚSICA (5ª Sinfonia de Beethoven, 1º movimento, arranjo de Ricaro Severo)

Direção: Carlos Gerbase

Produção Executiva: Luciana Tomasi e Nora Goulart
Roteiro: Carlos Gerbase
Direção de Fotografia: Alex Sernambi
Direção de Arte: Fiapo Barth
Música: Ricardo Severo
Direção de Produção: Marco Baioto
Montagem: Giba Assis Brasil
Assistente de Direção: Débora Peters e Ana Luiza Azevedo

Uma Produção da Casa de Cinema PoA

Elenco Principal:
Pedro Santos (Peter)
Marco Antônio Sorio (Tigrão)
Luciene Adami (Dora)
Daniela Schmitz (Ivete)

CRÉDITOS COMPLETOS

PRÊMIOS

* 4º Prêmio Iecine (Governo do Estado/RS), 1995: Apoio à Produção

CRÍTICA

"Sexo & Beethoven - O Reencontro, de Carlos Gerbase é uma farra erótica-intelectual entre dois amigos e duas prostitutas convidadas para uma festinha de embalo. Anárquico, libertário, bem no estilo de Gerbase, um dos talentos do sul."
(Luiz Zanin Oricchio, O Estado de São Paulo, 23/07/97 )

"Quem acha que o cinema brasileiro anda muito pudico tem um programão em Sexo & Beethoven - O Reencontro: Exibido no último Festival de Gramado, o filme deixou muita gente perplexa com a sua obscenidade, anunciada desde a primeira fala, a ponto de poucos perceberem que se trata de uma comédia de costumes absolutamente sintonizada com a cultura urbana de nossa época. (...) A certa altura, por exemplo, um dos sujeitos diz: 'Você me lembra a Jocasta, mãe do Edipo'. A garota responde: 'Ah, você me acha parecida com a Vera Fischer?' Há piadas de uma grosseria irresistível. Com a cabeça entre as pernas de Luciene Adami, um dos rapazes pergunta: 'Você usa Phebo Patchouli, né?' E por aí afora. Ou adentro."
(José Geraldo Couto, FOLHA DE SÃO PAULO, 25/08/97)

10/08/1997

AnexoTamanho
Sexo_e_Beethoven-.mp32.45 MB